James Bond 007: Blood Stone

Jogo

James Bond 007: Blood Stone foi o último jogo do agente secreto lançado em novembro de 2010 pra PS3, Xbox 360 e PC. Produzido pela Bizarre Creations (mesma produtora de Blur), publicado pela Activision, atual detentora dos direitos da franquia. Blood Stone é mais um dos poucos jogos da série cuja história é originalmente escrita.

Gameplay

O gameplay dele é em terceira pessoa, trabalhado mais na base do stealth, tão trabalhado que alguns momentos chegam a lembrar do Splinter Cell: Conviction com direito a uma mecânica parecida com o “Mark & Execute”. Há também o smartphone que funciona de modo semelhante à visão de detetive do Batman Arkham Asylum, só que de forma bem mais limitada, mas mesmo assim da pra prever muito o movimento dos inimigos. A ação do jogo se resume a tiros e mais tiros com um pouco de combate mano a mano, que eu sinceramente esperava que fosse mais dinâmico como no CoD Quantum of Solace e que por sua vez me agradou mais.

Blood Stone conta também com diversas perseguições que não são tão emocionantes quanto parecem e contam com uma dirigibilidade semelhante em diversos terrenos, onde o carro desliza demais na pista. O mais engraçado é que os veículos do jogo parecem de borracha, não importa o quanto você bata, o dano não será muito grande.

História

Ela se passa depois dos acontecimentos de Quantum of Solace, onde no começo pode parecer legal até, mas quando você vai avançando ela vai ficando cada vez mais clichê, como visto na maioria dos filmes do agente secreto. Ela não é muito longa, mas não faço ideia de quanto tempo da pra terminar, já que perco a noção do tempo enquanto jogo.  Sobre a história ainda é certo afirmar que ela abre espaço pra uma continuação,  mas seria ela um outro filme ou outro jogo?

Gráficos

Tão longe de serem bonitos, enquanto você joga não liga muito pra eles enquanto tá distraído com o começo do jogo, mas depois de um tempo você não vai aguentar ficar olhando muito tempo pras diversas texturas borradas e pros modelos feios criados pela engine Horizon. As cutscenes são horrorosas, são poucas as dignas de cinema, além de longas, parecem com as de Resident Evil 5.

Som

A trilha sonora do jogo é digna de um filme de Hollywood pode ser um dos pontos fortes do jogo, mesmo ajudando a prever alguns inimigos.

Multiplayer

Não sei nada sobre ele, como a minha versão é caribenha, eu não tive acesso.

PC

A versão de PC se comportou muito bem, meu PC que possui uma configuração não muito robusta conseguiu rodar sem quedas de frames e outros problemas com o V-Sync e o Anti-aliasing desativados com as demais opções gráficas no máximo em 1600×900. Abaixo segue a configuração do meu PC:

  • Processador Athlon II x4 640 @ 3.0 GHz.
  • 2 GB de memória DDR2 @ 800 MHz
  • GPU Sapphire Radeon HD 5670, 1 GB DRR3.

Essas foram minhas impressões sobre James Bond 007: Blood Stone e não recomendo jogarem a menos que sejam tão teimosos quanto eu.

Galeria de imagens

Anúncios

0 Responses to “James Bond 007: Blood Stone”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Steam
Xbox LIVE

Categorias

Velharia


%d blogueiros gostam disto: